JAIME DA SILVA ARAÚJO - TYRYETÊ KAXINAWÁ

JAIME DA SILVA ARAÚJO - TYRYETÊ KAXINAWÁ
Fundação Tyryetê kaxinawá é um grupo de amigos que tem como finalidade principal trabalhar a consciência ambiental pela participação lúdica de todos, no sentido da influência recíproca homem / meio-ambiente.
Considerando Meio Ambiente como:
TUDO que relaciona o homem à VIDA !
Atuamos em 4 eixos:
Programa ABR - Amigos Brincando e Reciclando
Geração de Renda -
Espaços Sustentáveis -
Acervo artístico e cultural dos povos da floresta
MISSÃO:
Nossa proposta é atender a necessidade de mudança de comportamento recomendada pela UNESCO, no trato da questão ambiental sob as perspectivas cultural, educacional, econômica e psicológica.
VISÃO DE FUTURO:
Pretendemos constituir modelos de atuação no foco do desenvolvimento sustentável, estendendo-se além da área escolar para condomínios, clubes sociais, organizações, etc.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

FALECEU HOJE O QUERIDO E AMADO AMIGO TYRYETÊ KAXINAWAÁ - JAIME DA SILVA ARAÚJO



































Partiu hoje dia 23 de julho o querido e amado amigo Tyryetê Kaxinawaá ou Jaime da Silva Araújo, como era conhecido por muitos quando foi companheiro de Chico Mendes. Tyryetê participou de debates de 1987 na área de Seguridade Social teve ampla experiência na organização de bases comunitárias, foi orientador técnico de Agricultura Consorciada na Amazônia foi Coordenador Professor do Projeto Ambiental do Memorial Chico Mendes no periodo de 1991 a 1994 em Curitiba, foi também Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Novo Aripuanã, no periodo de 1985 a 1988, presidente do Conselho Nacional dos Seringueiros com sede no Acre, participante ds Assembléia da ONU, realizada em São paulo, em 1985, com o tema "POR UM FUTURO COMUM", ilustrador da Agenda UFPR/2009 com pinturas e poesias sobre a floresta, colaborador na Biblioteca da Floresta Marina Silva (Rio Branco - AC) durante o periodo de junho a setembro de 2008, com exposições de pinturas e poesias com o tema "A permanência dos extrativistas na floresta" (2008), experiência internacional em parte da Europa, América Latina e Estados Unidos, como palestrante em seminários , encontros e assembléias na defesa das florestas, dos rios, da fauna, dos povos indígenas, dos recursos naturais da Amazônia e autor de vários livros sobre a "sociedade da floresta" e também empreendedor social certificado pelo Sesi turma de 2007. Nasceu no Rio Jordão em 1939, filho da tribo Kaxynawaá, foi adotado por um casal cearense de seringueiros. Começou a trabalhar com 7 anos e a estudar com 8. Aos 19 anos iniciou seu trabalho em prol de familias socialmente desfavorecidas. Após concluir o serviço militar, Tyryetê viajou para a Amazônia, para viver sua identidade indígena. Durante esta viagem, o contato com a injustiça social despertou-lhe a vontade de conhecer mais a respeito das realidades dos povos indígenas e dos extrativistas. Para se manter, trabalhou nessa região como agricultor, professor, delegado sindical, castanheiro, pescador, sorveteiro, seringueiro, vendedor de peixes, entre outras atividades. Nesse periodo, morou em três capitais(Belém, Mannaus e Macapá) e 32 cidades do interior, e conheceu 44 seringais, 29 rios, 18 paranãs e 88 igarapés, o que o tornou um profundo conhecedor da região amazônica. Lá fez desenho de animais, plantas e situações, e compôs poemas sobre a Amazônia, alguns dos quais já foram publicados em calendários e agendas. Tyryetê foi voluntário do Programa Comunidade Escola da Prefeitura Municipal de Curitiba e sempre será o grande colaborador do grupo ABR - Amigos Brincando e Reciclando www.brincandoereciclando.blogspot.com ele foi mas deixou suas pegadas para nos orientar como pegar o caminho certo para não destruirmos a natureza .


Querido amigo fica aqui o nosso eterno agradecimento por poder ter compartilhado e aprendido contigo.





Um comentário:

ANJODIGITAL disse...

Paz e luz para o amigo.